Home Office – Um caminho sem volta!

Por Rogério Terzian
CEO RCV

A pandemia causada pelo COVID-19 está impactando de forma nunca vista o dia a dia das empresas e de todos nós. O isolamento social obrigou as empresas, num curto espaço de tempo, a se adaptarem à uma tendência mundial que ainda avançava lentamente no Brasil.

Não faz mais sentido obrigar um funcionário a se deslocar da sua residência até a sede da empresa para que ele execute um trabalho que ele pode realizar de qualquer lugar. Já existem empresas onde os colaboradores já são contratados para o trabalho em casa, com eventuais ou nenhuma atividade presencial.

O impacto quando o trabalho remoto se consolidar nas grandes metrópoles será gigantesco teremos alterações no nosso dia a dia como estes, dentre muitos outros não abordados aqui:

  • Temos um sistema viário e de transporte público saturado e ruim, que será aliviado. O trânsito caótico ficará mais amigável;
  • O clima também ficará mais agradável, pois haverá menos poluição (no ar e no chão).
  • Os trabalhadores poderão dedicar mais tempo às suas famílias, à diversão e ao aperfeiçoamento pessoal.

Mas isto não é tão simples assim, pois as empresas e colaboradores têm que atentar-se aos seguintes pontos:

  • O colaborador possui um ambiente favorável para trabalhar adequadamente (mesa e cadeira, iluminação, , internet, etc…)?
  • O computador no home office tem a performance desejada?
  • O computador no home office é seguro? Possui ferramentas de proteção básicas como antimalware, atualizações e criptografia, ou outras, que evitem vulnerabilidades de segurança que possam expor a empresa a ataques ou roubo de informações?
  • A empresa possui processos adequados e claros que possam garantir esta independência do colaborador, tal como medir a eficiência dos trabalhos remotos?
  • Como será a comunicação entre os membros da equipe?
  • A empresa possui ferramentas de segurança que protejam o ambiente, os sistemas e dados de ameaças externas?
  • Quais são as funções no organograma da empresa que podem ser exercidas remotamente?

Estas são apenas algumas perguntas, dentre uma infinidade de outras mais, que a direção da empresa deverá se fazer antes de adotar o trabalho em home office.

Passando este tsunami da pandemia de Covid19, onde o trabalho em home office foi adotado em caráter de emergência, o ideal é que se pense com atenção neste assunto e em todos os itens apontados aqui, visto que é uma tendência irreversível.

A RCV poderá ajuda-los neste processo complexo, apresentando alternativas seguras, eficientes e eficazes para colocar a sua empresa na vanguarda desta tendência.

Home Office – Um caminho sem volta!

Por Rogério Terzian
CEO RCV

A pandemia causada pelo COVID-19 está impactando de forma nunca vista o dia a dia das empresas e de todos nós. O isolamento social obrigou as empresas, num curto espaço de tempo, a se adaptarem à uma tendência mundial que ainda avançava lentamente no Brasil.

Não faz mais sentido obrigar um funcionário a se deslocar da sua residência até a sede da empresa para que ele execute um trabalho que ele pode realizar de qualquer lugar. Já existem empresas onde os colaboradores já são contratados para o trabalho em casa, com eventuais ou nenhuma atividade presencial.

O impacto quando o trabalho remoto se consolidar nas grandes metrópoles será gigantesco teremos alterações no nosso dia a dia como estes, dentre muitos outros não abordados aqui:

  • Temos um sistema viário e de transporte público saturado e ruim, que será aliviado. O trânsito caótico ficará mais amigável;
  • O clima também ficará mais agradável, pois haverá menos poluição (no ar e no chão).
  • Os trabalhadores poderão dedicar mais tempo às suas famílias, à diversão e ao aperfeiçoamento pessoal.

Mas isto não é tão simples assim, pois as empresas e colaboradores têm que atentar-se aos seguintes pontos:

  • O colaborador possui um ambiente favorável para trabalhar adequadamente (mesa e cadeira, iluminação, , internet, etc…)?
  • O computador no home office tem a performance desejada?
  • O computador no home office é seguro? Possui ferramentas de proteção básicas como antimalware, atualizações e criptografia, ou outras, que evitem vulnerabilidades de segurança que possam expor a empresa a ataques ou roubo de informações?
  • A empresa possui processos adequados e claros que possam garantir esta independência do colaborador, tal como medir a eficiência dos trabalhos remotos?
  • Como será a comunicação entre os membros da equipe?
  • A empresa possui ferramentas de segurança que protejam o ambiente, os sistemas e dados de ameaças externas?
  • Quais são as funções no organograma da empresa que podem ser exercidas remotamente?

Estas são apenas algumas perguntas, dentre uma infinidade de outras mais, que a direção da empresa deverá se fazer antes de adotar o trabalho em home office.

Passando este tsunami da pandemia de Covid19, onde o trabalho em home office foi adotado em caráter de emergência, o ideal é que se pense com atenção neste assunto e em todos os itens apontados aqui, visto que é uma tendência irreversível.

A RCV poderá ajuda-los neste processo complexo, apresentando alternativas seguras, eficientes e eficazes para colocar a sua empresa na vanguarda desta tendência.

RCV Soluções Tecnológicas
R. Silva Bueno 1660, cj. 208
Ipiranga, São Paulo - SP
CEP 04208-001

Telefone: +55 11 2068-3244
E-mails: 
contato@rcv.com.br
comercial@rcv.com.br